Sebastião Salgado, contemporaneidade e o espelho

Se você ainda não assistiu, assista. Ser contemporâneo, estar no momento presente da história, desenvolver a sociedade ou a si mesmo, é, neste momento, trabalhar para salvar o planeta de nós. Qualquer outro desejo ou necessidade é minúsculo, como quando alguém encara de frente a morte e percebe imediatamente o que importa na vida. O… Continuar lendo Sebastião Salgado, contemporaneidade e o espelho

Hackers can be business guys – Paul Graham Interview

Paul Graham numa entrevista de 2005 sem edição falando francamente sobre hackers, programação e Y Combinator. “I believe, and Y Combinator is kind of an experiment to test this, that programmers can become business types. I think that business is kind of like chess in the sense that the hard part is not knowing the… Continuar lendo Hackers can be business guys – Paul Graham Interview

Real Love

Peace is every step. Paz a cada passo.

“If our love is only a will to possess, it is not love.” Eu leio algumas passagens de livros budistas sempre que dá. Elas me enchem de calma e diminuem minha ansiedade. Tenho sensação de reconectar comigo mesmo, com a minha vida consciente e, me sinto melhor no geral. Fico capaz de pensar nos outros… Continuar lendo Real Love

A marca como um manifesto

O julgamento final - Michelangelo

“Onde há dignidade, senão onde há honestidade?” ― Cícero Eu tenho 38 anos e quero viver a minha vida sem arrependimentos. Quero chegar lá, olhar pra trás e descobrir que entre as perdas e danos do processo, eu consegui vivê-la dignamente e, se possível, seja merecedor de uma medalha de honra ao mérito. Se você procurar por… Continuar lendo A marca como um manifesto