Sebastião Salgado, contemporaneidade e o espelho

Se você ainda não assistiu, assista.

Ser contemporâneo, estar no momento presente da história, desenvolver a sociedade ou a si mesmo, é, neste momento, trabalhar para salvar o planeta de nós.

Qualquer outro desejo ou necessidade é minúsculo, como quando alguém encara de frente a morte e percebe imediatamente o que importa na vida.

O ser humano está face a face com si mesmo, como num espelho.

 

Publicado por André Bartholomeu Fernandes

Em 2004, André foi responsável por levar internet discada para mais de 4.400 cidades brasileiras. Estudou eletrônica e tecnologia na Unicamp, Harvard e MIT. Trabalha intensivamente em sua nova empresa: Hack além de atender mais de 150 clientes. André criou um blog sobre empreendedorismo, o Jornal do Empreendedor.